12 de mai de 2013

A Hora do Pesadelo - Capítulo Piloto

 
POV NANCY
 
Olhei para os lados assustada, arrumando melhor o pijama ao corpo. O lugar estava escuro e havia pouquíssima iluminação. Meu coração bateu rápido e forte ao ouvir um barulho ao longe. Respirei fundo vendo uma sombra passar distante e uma risada assustadora penetrar o ambiente.
 – Tem alguém aí? - gritei trêmula, ouvindo a mesma risada de antes.
 – Nancy... - um sussurro alto e deminíaco invadiu meus ouvidos. Uma música infernal começou a tocar me deixando ainda mais apavorada.
 – Um, Dois, Freddy te pega depois... - ele cantarolava rindo debochadamente. Mas era um debochado assustador que fez minha pele arrepiar. A música ficou mais alta e parou de repente. Dei um passo a frente tendo agora como companhia o sinlêncio assustador. Começei a andar lentamente pelo lugar sombrio tendo a visão de espécies de canos que soltavam vapor e vários rolares de escadas. Continuei andando bem devagar sempre olhando para os lados ouvindo o som dos meus passos ecoar alto.
  – Olá Nancy... - falou a mesma voz assustadora a minha frente. O dono da voz era um homem alto de suéter listrado, chapeu cobrindo o rosto e espécie de lâminas nos dedos. Meus olhos se arregalaram quando ele levantou o rosto que estava queimado e desfigurado. Com um sorriso maléico no rosto horrivel foi andando lentamente até mim que dava passos para trás sem quebrar o contato visual. Enquanto isso ele passava as lâminas nos canos ferventes fazendo um barulho assustador com eles. Dei mais alguns passos para trás com o coração a mil. O lugar parecia estar cada vez mais escuro, mas continuava andando para trás.
 – Quando tempo... Pequena Nancy. - falou rindo alto parando com o barulho das lâminas. Arregalei os olhos correndo o mais rápido que podia pelo lugar, implorando para que fosse apenas um sonho. Eu descia as escadas e corria pelo lugar que não sabia o nome o mais rápido que minhas pernas poderiam aguentar, mas a risada biabólica e a escuridão não ajudavam em nada. Olhei para trás vendo o mesmo homem agora mais perto andando calmamente até mim. Virei novamente correndo ainda mais rápido até tropessar em algo e cair com tudo no chão. Nele começei a me rastejar com a respiração acelerada tendo a visão dele ficando cada vez mais perto de mim.
 – Quem é você? - perguntei e meio á angustia. Ele riu se ajoelhando no chão ficando com o rosto próximo ao meu. Continuei olhando para seus olhos porém seu rosto desfigurado me amedrontava e ao notar tal ele riu passando lentamente a lâmina aparentemente afiada em minha barriga.
 – Não lembra de mim, Nancy? - perguntou ele em tom ameaçador erguendo as lâminas em seus dedos na direção da minha barriga com força rasgando meu pijama quase atingindo minha barriga. Com medo gritei o mais alto fechando os olhos com tamanha força que poderia imaginar o sangue melando o chão. Ouvia sua risada maligna em meu ouvido bem alta e meu pavor aumentou ainda mais.
 – Nancy! Filha você está bem? - gritei abrindo os olhos ainda assustada com o coração batendo forte e rápido dentro de mim. Olhei para os lados com rapidez vendo que estava na escuridão do meu quarto. Sentei melhor a cama enquanto minha mãe sentava ao meu lado preocupada. Olhei para baixo vendo o rasgão que as lâminas do cara de chapéu fizeram em minha roupa.
 – Mãe...
 – Foi só um sonho querida. Só um sonho. - disse ela tentando inutilmente me tranquilizar. Abracei fortemente seu corpo o colando contra o meu. Ainda podia ter a sensação de ouvir as risadas daquele homem. Mas era só um pesadelo. Só um pesadelo.


Esse é o prólogo da história, espero que esteja bom. Eu postava no Anime, mas aí eu parei por falta de criatividade com essa fic. Mas agora, decidi dar continuidade a essa história que será postada unicamente aqui. Beijos e até o próximo :) Ah, foi eu que fiz essa capa do cap, ficou bom? :3

0 comentários:

Postar um comentário

About

 

Fanfics para Belieber Template by Ipietoon Cute Blog Design and Bukit Gambang